terça-feira, 31 de maio de 2011

Senado aprova plebiscito sobre criação do Estado de Tapajós


O Senado aprovou nesta terça-feira a realização de plebiscito no Pará para questionar
a população sobre a criação do Estado de Tapajós.
A Câmara já havia aprovado a realização de dois plebiscitos para a criação dos
Estados de Tapajós e Carajás --mas o primeiro ainda precisava do aval do Senado.
Com a decisão, a expectativa é que os dois sejam realizados simultaneamente no Pará
--que corre o risco de ser dividido em três Estados.
A votação foi simbólica, sem o registro nominal dos votos dos senadores.
O projeto segue para a promulgação. Pelo texto, o plebiscito deve ser realizado
em no máximo seis meses pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Estado do Pará.




De acordo com os projetos, Carajás ficará no sul e no sudeste do Pará. Tapajós
ficará a oeste do Estado. Se a divisão chegar a ser confirmada nas urnas, Carajás
terá 39 municípios e 1,5 milhão de habitantes. Tapajós, 27 municípios e 1,7 milhão
de habitantes. O novo Estado do Pará ficaria com 78 municípios e 2,9 milhões
de habitantes --numa divisão do Pará em três Estados.
Dois meses depois de proclamado do resultado do plebiscito, se a resposta for
favorável à criação do Estado, a Assembleia Legislativa do Pará também vai ter
que questionar seus membros sobre a mudança.
O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) disse que o Congresso autorizou
apenas a realização de consulta à população --sem bater o martelo sobre a criação
do Estado. "Não estamos criando o Estado de Tapajós, mas autorizando a realização
de plebiscito. Estamos fazendo apenas um exercício da democracia plena", afirmou.

AVALIAÇÃO

0 Comentários:

Postar um comentário