quinta-feira, 2 de junho de 2011

( Do Blog do Prof: Jhony)Sou a Favor do Plebiscito e Contra a Divisão do Pará!

Neste Post, vou falar de um tema que a mim é cobrado, até pela posição de Presidente de um Diretório do Partido Verde, a Divisão do Pará.
Sobre a divisão do Pará, os Governos Federais e Estaduais que antecederam Lula e Ana Júlia deixaram um sentimento separatista natural na População do Interior do Estado. Durante quase 40 anos, os altos índices de miséria, o descaso com a saúde pública, os piores índices de educação fizeram com que os povos do Sul e do Baixo Amazonas mesmo nascendo no Pará, não se sentissem parte desta rica terra.
Por seu tamanho, suas riquezas, o Pará deveria dar orgulho ao seu POVO, porém o nosso único orgulho é o próprio POVO, lutador e vencedor, que suportou ladrões no poder, trabalho escravo, gestão ineficiente, e a total ausência do estado no interior.
Tudo isso e mais um pouco fez crescer o sentimento separatista, noticias como uma criança que foi estuprada e levou quase um ano para reparar seu anus (Santarém), ou uma adolescente que passou meses morando com bandidos em uma delegacia (Alenquer), assassinato de trabalhadores rurais, ambientalistas, aumento do desmatamento, falta de sentimento e ações efetivas da justiça no interior do estado somados a um enorme índices de analfabetismo, e desqualidade da educação contribuíram para esse sentimento.
Porem o sentimento da população sofrida do interior não pode ser comparado com o oportunismo de políticos, madeireiros e exploradores de mão de obra escrava do Sul do Pará e Baixo Amazonas, esses oportunistas, que tiveram ou detém o poder político na mão, ao invés de aproveitarem suas forças políticas para trazer desenvolvimento para suas regiões, simplesmente ajudaram a acentuar as desigualdades sócias e os altos índices de miséria nessas regiões, e agora vêem na criação dos estados do Tapajós e Carajás a chance de aumentar seus poderes seus patrimônios e acima de tudo de devastar de vez a floresta, pois estarão definitivamente com o poder nas mãos, com o controle total do Estado. Por isso, eu JHONY SANTOS-Presidente do Partido Verde de Marituba, Professor, Empresário, não me contaminarei pela posição de políticos influentes, não me seduzirei pela mídia, pois tenho total liberdade dentro do PV de expressar minha posição política, EU sou a favor do plebiscito e contra a divisão do Estado e farei campanha, lutarei nas ruas e nas urnas contra a Divisão do Pará.

AVALIAÇÃO

0 Comentários:

Postar um comentário