quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Martiuba na Mídia "Sucatarias terão que sair " ( O LIBERAL)

Sucatarias terão que sair 


Ferros-velhos localizados na entrada do Che Guevara serão retirados em setembro, após várias tentativas
Os ferros-velhos e sucatarias próximos à entrada do bairro Almir Gabriel (antigo Che Guevara), no quilômetro 15 da rodovia BR-316, em Marituba, devem ser retirados em 34 dias (até a segunda semana de setembro), prazo para cumprir a última notificação feita pela prefeitura do município, que erra de 120 dias. Após quase 10 anos e várias tentativas de retirada, desta vez a saída será inevitável, pois há planos de usar o espaço ocupado para fazer uma via secundária, que dará acesso ao hospital que está em construção. Porém, os proprietários dos estabelecimentos não parecem dar muita importância, já que muitos não fizeram nada.
A notícia é um alívio para os moradores da área, que reclamam há tempos das sucatas e pneus que se tornaram criadouros de ratos, baratas e do mosquito transmissor da dengue (Aedes aegypti). À noite, pela falta de iluminação, as sucatas são esconderijos ideais para assaltantes e para o consumo de drogas.
Em alguns trechos, a quantidade de sucatas é tanta que chega na beira da pista. Pedestres precisam encontrar um espaço para passar ou ir para as ciclofaixas.
A quantidade de lixo entre cada carcaça de veículo é impressionante. Vários pneus, garrafas, latas e pedaços de sucata foram encontrados. Os riscos e o medo de assalto aumentam para quem precisa usar a parada de ônibus que fica próxima de um dos ferros-velhos. O mototaxista José Pinheiro da Silva, de 46 anos, comentou que além de atrapalhar pedestres, ser criadouro de pragas urbanas, acumular lixo e criar um problema de segurança pública, dão um aspecto de abandono ao bairro. 'Isso atrapalha a gente. A Prefeitura de Marituba já deu ordem para esse pessoal tirar os ferros-velhos, mas até agora nada', comentou.
Maurício Pereira, de 41 anos, é proprietário de uma das oficinas do local. Ele afirma que retirou todos os 30 veículos que tinha na via pública e teve prejuízos, pois precisou vender tudo barato. Porém, nem todos cumpriram a determinação da prefeitura. Por outro lado, acredita que a nova via será um benefício para todos. 'Sobre as reclamações, são coisa de quem não consegue nem cuidar da própria casa e fica se preocupando com os outros. Até parece que com o fim dos ferros-velhos não vai mais ter rato, barata ou ladrão em Marituba, principalmente no Che Guevara', disse.
A assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Marituba ressaltou que os ferros-velhos ferem completamente o Código de Conduta do Município. Assim, notificou os estabelecimentos dando um prazo de 120 dias para a devida remoção dos mesmos. O prazo se encerra em 34 dias.
Além do problema dos ferros-velhos, moradores do Che Guevara pedem asfalto, roçagem do mato e conserto de um buraco, bem na via de entrada, a avenida João Batista. A Prefeitura de Marituba, pela assessoria de Comunicação, garantiu que fará a limpeza do mato. Porém, o asfalto para tapar o buraco não será possível porque a via está com obras do Programa de Aceleração do Crescimento.

AVALIAÇÃO

0 Comentários:

Postar um comentário