quinta-feira, 30 de maio de 2013

Justiça da Jurisprudência a candidatura, diplomação e posse de Mario Filho, veja!

Veja o caso de Balneário Rincão e entenda!

Prefeito eleito de Balneário Rincão, Décio Góes, é diplomado no Sul

Político depende de decisão do TSE para continuar no cargo até 2016.
Ele foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa nas eleições de outubro de 2012.
Décio Goes, do PT, foi diplomado em Balneário Rincão
O prefeito eleito de Balneário Rincão, Décio Góes, do PT, e o vice Olírio José Lino foram diplomados na tarde desta quarta-feira (20/03/2013). Ele deve assumir em 1º de abril, mas só terá certeza de que irá continuar no cargo até 2016 depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgar um processo que pede a inelegibilidade de sua candidatura, enquadrada na Lei da Ficha Limpa por conta de irregularidades.
A diplomação foi realizada pelo juiz eleitoral Fernando de Medeiros Ritter, no Cartório Eleitoral no Centro da cidade de Içara. Na saída do cartório, o prefeito e o vice comemoraram com diversas pessoas que aguardavam a diplomação. A posse será no dia 31 de março. Nas eleições de outubro de 2012, o candidato mais votado de Balneário Rincão também foi Décio Góes, mas não pode assumir porque teve a candidatura indeferida pela Justiça.
Décio Góes é eleito primeiro prefeito Balneário Rincão, Sul de SC-TRE defere registro de candidatura de Décio Góes em Balneário Rincão Porém, no dia 18 de fevereiro a candidatura foi deferida pelo Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC). As eleições ocorreram em três de março e o candidato foi eleito com 52,52% (4.286 mil) dos votos válidos.

O Caso de Balneário Rincão é semelhante ao caso de Marituba, Mario também foi indeferido pela justiça eleitoral, porém diferente do Prefeito Delcio Góes, Mario ainda aguarda julgamento de Recurso no TSE, porém poderá ser candidato, tendo em vista que de acordo com Decisão do TRE e do TSE ele não foi o causador da anulação da Eleição de 2012, e como em Balneário Rincão, ele poderá ser candidato, eleito, diplomado e tomar posse normalmente.
Perceba que a Legislação Eleitoral é surpreendente porque Antonio Armando foi considerado Deferido, pois no ato de seu registro ele tinha uma Liminar que o tornava apto a concorrer, já esse ano, como ele não detén a Liminar, vai indicar seu Filho Antonio Armando Junior como candidato do PSDB.

AVALIAÇÃO

3 comentários:

  1. AO
    TJE, MP, MPF E JORNALISTAS.

    E o Caso do Esquema Criminoso Eleitoral montado pelo Prefeito, Claudio Barroso/PMDB, de São João de Pirabas alguém sabe como esta???

    ResponderExcluir
  2. PRECISAMOS MUDAR A CARA DESSES GOVERNOS QUE ATUARAM ANOS E ANOS, DESDE A EMANCIPAÇÃO E USANDO, SEREM MORADORES DE MARITUBA E POR TEREM INFLUÊNCIAS POLITICAS ENGANARAM A NOSSA GENTE, QUE TANTO TÊM SOFRIDO COM ESSA BAGUNÇA NA POLITICAGEM, QUE EM RESPOSTA TEMOS ACOMPANHADO NOS TELEJORNAIS. UMA UMILHAÇÃO PARA UM POVO QUE PRECISA DE DESENVOLVIMENTO,TANTO MORAL COMO PROFISSIONAL.

    ResponderExcluir
  3. Mario filho tem fé o que e seu deus não vai deixa passar......maritubense deus tarda mais não falha.

    ResponderExcluir