segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Mudanças no cenário político enfraquecem PSDB de Marituba! Veja as novas composições partidárias!

Após o término das composições partidárias com vistas as eleições de 2014 e até 2016, surpresas apontam novas forças se somando e forças antigas sendo enfraquecidas, entenda!
De forma muito sábia, Elivan tem enfraquecido aqueles que ele vislumbra que serão possíveis advérsários em 2016, atualmente o PSDB faz parte da Gestão Municipal, até quando, isso agente já sabe né, mas vamos ver se eles nos surpreendem!
Enquanto isso, Faustino foi certeiro e astutamente tratou logo de literalmente esvaziar o PSDB, o Partido perdeu seus três Vereadores, e seus dois importantes suplentes, veja como ficou:
Helder Brito (Vereador EX-PSDB) Foi para o SOLIDARIEDADE de WLAD, ELIEL e MELLO.
Boni (Vereador EX-PSDB) Foi para o SOLIDARIEDADE de WLAD, ELIEL e MELLO.
Raimundo Carneiro (Vereador EX-PSDB) Foi para o SOLIDARIEDADE de WLAD, ELIEL e MELLO.
Everaldo Aleixo (Vereador-Ex-DEM) Foi para o SOLIDARIEDADE de WLAD, ELIEL e MELLO.
Naldo Bastos (1º Suplente do PSDB) Foi para o SOLIDARIEDADE de WLAD, ELIEL e MELLO.
Emano Rocha (2º Suplente do PSDB) Foi para o PSB agora de Roberto Rocha e dos Andrades.
Assim, pela primeira vez em Marituba o PSDB fica sem representação na Câmara Municipal, e sem seus principais líderes de voto, manobra clara de Elivan para no mínimo manter o PSDB dentro de seu ninho, evitando assim que o partido dos Armandos tente vou mais alto em 2016, se vai conseguir ou não isso só o tempo vai dizer.
O PSB que era comandando pelo Empresário Luis Fernando e pela Líder Comunitária Bena Maia, sai do grupo de Mário Filho e passa a integrar o grupo de Roberto Rocha, tendo o Ex-Vereador e Ex-Secretário Emano Rocha a frente, isso significa, que Roberto deve tentar se viabilizar para 2016.
O DEM fica sem uma representação, mas mantem cadeira na Câmara, com o Vereador Raí, membro quase que nato do Partido.
Ex membros do PSD, PV, PSB,PPL e PSC e algumas outras lideranças de Mário Filho buscam abrigo do PTC da Professora Lôri Santos e no PDT do Ex-Secretário Edmilson Barbosa, segundo Lôri Santos, o PTC já conta com pelo nenos 27 lideranças que são propensos candidatos a Vereador em 2016, o partido poderá até lançar candidatura própria a Prefeito em 2016.
Há especulações que mais um Vereador teria mudado de partido, mas até agora o Portal não teve essa confirmação.
É importante lembrar que ter partido vazio não significa nada, e encher partido com filiados apenas para cumprir número também não representa muita coisa, o mais importante é ter pessoas propensas a serem candidatos, muitos presidentes só se lembram desse detalhe quando falta menos de um ano antes das eleições.
Nesse novo cenário, fica evidente que Elivan vai participar tanto da campanha de Jatene quanto da campanha de Helder, afinal, o Solidariedade integra a base do Governador Jatene, e Elivan ainda se mantem no PMDB de Helder, outro fato interessante é o Solidariedade ser presidido pelo Ex-Vereador e Ex-Prefeito Mello, antigo PRB, o que isso significa, bem isso agente já sabe, mas vamos ver se somos também surpreendidos no futuro.
Atualmente Mário Filho vem declarando que não será candidato em 2014, mas não descarta 2016, Roberto Rocha já declarou que será candidato ano que vem, ou a Federal ou a Estadual.
Pelo PSDB a duvida é se Antonio Jr. será candidato ou abdicará em detrimento de Celso Sabino, seu Cunhado, ou mesmo fará dobradinha com ele, vindo para Federal, tendo em vista que Celso Sabino, agora no PSDB virá para Estadual.
Pelo PMDB, não adianta inventar moda, mesmo que o Partido de Marituba lance algum nome, ou mesmo, alguns nomes, de partidos pequenos da base, não se enganem, a máquina municipal estará voltada apenas para a releição do Deputado Estadual Eliel Faustino (SDD), e quem, que faça parte do governo, se aventurar e for contra essa firula do destino, agente já sabe o que acontece, e nesse caso não há surpresas, serão certamente enquadrados, na hora certa pelo Gestor Mor!
Bertoldo Couto talvez também tente ser candidato, isso se não tiver nenhum impedimento na Justiça Comum e/ou Eleitoral.
É importante também lembrar, que o ou os adversários de Elivan para 2016 serão forjados após a campanha de 2014, tudo que vier antes será mera especulação, podendo de forma muito fácil ser desintegrado após os resultados das urnas e das articulações de 2014.
É bom lembrar também, que quem é hoje adversário, amanhã será aliado, e vice e versa, e nada melhor que uma disputa para Governo para unir e/ou desunir aliados e adversários.
Centralizador, Elivan não vem permitindo que grupos venham a se formar dentro de seu ninho, mas se olharmos um pouco para trás, agente vê que muita gente pode participar do governo até a última hora e derrepente, sair da base e construir caminhos mai$ interessantes, Bertoldo que o diga, foi uma das maiores vítimas de traição em 2012, e quem traiu uma vez, duas vezes para trair uma terceira é um pulo, e Elivan sabe disso, ou ao menos, se espera que saiba!
É importante também lembrar que Mário Filho, Bessa, Roberto Rocha e os Armandos deverão se movimentar a partir do ano que vem, se é que já não estão, de olho claro em 2016.
mas uma coisa é certa, Jatene e Heder podem ficar despreocupados, que terão palanque forte em Marituba, agora só não vão poder exigir fidelidade no palanque, ai isso já é pedir demais!

AVALIAÇÃO

0 Comentários:

Postar um comentário